: +55 11 9 4201.4125 | 11 9 9116.9628
contato@capadociadigital.com.br
 
  • contato@capadociadigital.com.br
  • +55 11 9 4201.4125 | 11 9 9116.9628

SEO técnico: O que é e por que fazer?

Home » SEO » SEO técnico: O que é e por que fazer?

SEO técnico: O que é e por que fazer?

O SEO é uma ferramenta utilizada desde os primórdios do digital quando o assunto é posicionamento nos principais buscadores.

O SEO por si engloba uma série de práticas e ferramentas que ajudam a identificar e ajustar possíveis erros existentes além de monitoramento dos trends, que ajudam a definir o tema ou tipo de campanha para determinado período, de acordo com termos ou assuntos mais buscados no momento.

O SEO técnico é considerado o básico para quem deseja melhorar seu posicionamento e aumentar o volume de acessos do site através das buscas, porém para alguns, este procedimento é considerado apenas uma “maquiagem”, mesmo que nesse conceito esteja a principal característica do SEO, indexação e ranqueamento das páginas nos buscadores.

Listamos algumas dicas de SEO para você:

  1. Verificar a indexação das páginas do seu site nos principais buscadores é missão inicial desse processo e pode ajudá-lo a entender quais conteúdos ou erros estão atrapalhando a leitura de robots que fazem esse processo de indexação, para isso um rastreador SEO como o Auditor Website pode ajudar.
  2. Tenha certeza que os principais recursos do site são rastreáveis. O robot.txt costuma ser a primeira opção para rastreamento de site, mas deve ser levado em consideração que existem outras formas abertas principalmente do Google para buscar e indexar arquivos, por isso um rastreador de SEO pode ajudar você a obter a lista de páginas bloqueadas mesmo que estas tenham vindo de robots.txt, noindex meta tag ou X-Robots-Tag. Além disso, não se esqueça de deixar os recursos de CSS ou JavaScript em aberto, assim o Google consegue modificá-los para qualquer navegador.
  3. Mantenha suas páginas atualizadas e aumente seu orçamento de rastreamento (número de páginas indexadas e rastreadas pelo Google). Como isso pode acontecer? Simples: exclua páginas duplicadas, impeça a indexação de páginas “velhas” ou “vencidas”, como as de promoção por exemplo. Essas páginas são consideradas sem qualquer valor para SEO, e corrija links quebrados, além de manter seu sitemap atualizado.
  4. Faça auditorias constantes em todo site. A ligação de páginas através de links internos facilita no ranqueamento de forma mais eficiente. É importante que as páginas principais do seu site estejam a no máximo 3 cliques da home, isso facilita a navegação do usuário e evita possíveis desistências aumentando a taxa de rejeição e perdendo pontos de pagerank.
  5. Redirecione links. O redirecionamento de links é importante para que a navegação de seu site fique mais simples para o usuário ganhando tempo e ligando assuntos correlatos. Este tipo de estratégia é mais usada em blogs e pode gerar buzz positivo para a marca, que será vista como referência pelos buscadores.
  6. Faça limpeza em seu sitemap e sempre o deixe mais atualizado possível.

Não se esqueça também de verificar a programação do site além de acessar, ao menos uma vez por semana, o Web Master Tools do Google, para garantir e ter certeza de que nenhum erro pode ocorrer e você perder ranqueamento nas buscas.