: +55 11 9 4201.4125 | 11 9 9116.9628
contato@capadociadigital.com.br
 
  • contato@capadociadigital.com.br
  • +55 11 9 4201.4125 | 11 9 9116.9628

Compras via Mobile crescem cada vez mais

Home » E-Commerce » Compras via Mobile crescem cada vez mais

Parece que não, mas o m-commerce, mercado de compras realizadas por smartphones e tablets, está cada vez maior. Ele  já representa uma porcentagem bastante considerável das transações via lojas virtuais e atualmente cresce mais que o e-commerce tradicional via computadores.

De acordo com um estudo realizado pela Coupofy, o m-commerce cresce 300% mais rápido do que o e-commerce. A pesquisa sugere que até 2016 as compras por dispositivos móveis irão crescer 42%, enquanto o comércio eletrônico tradicional tende a apresentar crescimento de 13% até o próximo ano.

M-commerce no Brasil

Apesar de o Brasil ainda possuir uma carência de velocidade e qualidade nos serviços de internet móvel, as compras via smartphones e tablets também crescem bastante por aqui. A maior popularização dos dispositivos móveis contribuíram para essa mudança de hábito, pois é prático e rápido fazer compras pelo celular, e o brasileiro está descobrindo isso.

Esta tendência de crescimento do m-commerce foi confirmada na última edição do Webshoppers, relatório que traça um perfil do comércio eletrônico nacional e que é feito pela E-bit com o apoio da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico. De acordo com o relatório, 9,7% de todas as vendas de bens de consumo pela Internet em 2014 foram feitas por meio de aparelhos móveis. No primeiro semestre de 2014, a participação do m-commerce era de 7%. Estima-se que o volume seja ainda maior, uma vez que a pesquisa não contabiliza as compras feitas diretamente pelos aplicativos das lojas.

E este ano o crescimento continua. Segundo pesquisa da Criteo, empresa de tecnologia web, as vendas via mobile em comércio virtual no Brasil representou um total de 12,2% no primeiro trimestre de 2015.

Diante desses dados, o comerciante virtual que ainda não preparou seu site para os dispositivos mobile está perdendo tempo e dinheiro. A estimativa é que até 2018 o m-commerce lucre mais de U$ 600 bilhões mundialmente. Em tempos de crise, esta é uma oportunidade que não se deve desperdiçar.