: +55 11 9 4201.4125 | 11 9 9116.9628
contato@capadociadigital.com.br
 
  • contato@capadociadigital.com.br
  • +55 11 9 4201.4125 | 11 9 9116.9628

Gateways ou Intermediários de Pagamento: Qual escolher?

Home » E-Commerce » Gateways ou Intermediários de Pagamento: Qual escolher?

É comum Gateways de pagamentos serem confundidos com os Intermediários de Pagamentos, mas vale destacar que são sistemas completamente diferentes.

INTERMEDIÁRIOS DE PAGAMENTOS

Intermediários de pagamentos são sistemas em que o estabelecimento não precisa contratar operadoras de cartão de crédito e bancos. Quando uma loja virtual utiliza este tipo de serviço, quem recebe o pagamento é o intermediário, como Pagseguro ou Paypal, que é responsável pela aprovação da venda e pelo repasse do valor à loja virtual conforme suas regras.

Vantagens

– Aceitação de vários cartões de crédito e também débito online dos principais bancos. O contrato é feito apenas com o intermediário de pagamento. Simplificando processos para iniciar seu negócio online.

– Fornecer maior segurança para o comprador em seu pedido online (já que se o cliente não receber o produto, possui 14 dias dias para bloquear o pagamento junto ao intermediário de pagamento, só autorizando a liberação após a solução do problema).

– Prevenir-se contra os riscos de fraude (chargeback)

– Facilidade de implantação destes módulos de pagamento (a maioria das plataformas de e-commerce já possuem estes módulos integrados e também é fácil a implementação em sistema open-source tais como Magento, Open Cart, entre outros)

Desvantagens

– Custo maior por transação (em geral, a partir de 4,9%, além de uma taxa fixa por transação, algo em torno de R$ 0,40).

– Dependendo da integração, o cliente precisa sair da loja para efetuar o pagamento no ambiente do intermediário de pagamento. Isso pode gerar uma sensação de insegurança no cliente e significar perda de vendas.

– O tempo de análise aprovação. Alguns intermediários de pagamento pedem até 48 horas para análise dos pedidos. Casos que alcançam este tempo limite, podem comprometer a parte logística e os prazos de entrega dos pedidos.

 

GATEWAYS

Neste modelo, a loja virtual administra diretamente o relacionamento com operadoras de cartão e bancos (terá que fazer contrato com cada um deles), enquanto o Gateway de Pagamentos implementa todos os protocolos de comunicação entre sua loja e estas entidades.

Vantagens

– Possibilidade de negociar diretamente as taxas com as operadoras de cartão de crédito e o banco. Com volume bom de vendas se consegue taxas bem diferenciadas.

– Integração com a Plataforma de ecommerce, não precisando que o cliente saia do ambiente da loja para efetuar o pagamento;

– Possibilidade integrações com ERP ou Sistema Backoffice;

– Confirmação do pagamento por cartão de crédito de forma imediata;

Desvantagens

– Necessidade de fazer contrato com diferentes administradoras de cartão de crédito;

– Custo de Setup, algumas cobram um custo para homologação e integração a plataforma de e-commerce;

– É necessário que a loja faça a gestão de riscos (chargeback) ou contrate uma empresa realizar este serviço.